Confidencial Info - Voltamos para o Blogger
Boa pessoal. Não sei se estão todos ligados mas, nós resolvemos voltar para o Blog, por alguns motivos de administração.
Então para que todos fiquem com mais comodidade, poderão ir para o site <a href="http://forum.confidencialinfo.net/register?agreed=true">CLICANDO AQUI</a>.
Para você que está se registrando agora. Seja bem-vindo. Porem agora nós estamos de volta no blogger, nossa antiga plataforma. Contudo o fórum ainda ficará ativo, para que todos se cadastrem. Mas se deseja conferir as noticias e matérias atualizadas, siga o nosso novo (ou antigo) endereço >> http://www.confidencialinfo.net

Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 Sobreviventes Biológicos de Atlântida em Ter Maio 17, 2011 11:59 am

David Bartowski

avatar
Fundador
→ Fundador

 Quando chegaram ao México, os espanhóis foram informados que os astecas tinham vindo de uma terra no mar, chamada Aztlán. Os espanhóis se conveceram então de que os astecas eram descendentes de habitantes da Atlântida. O próprio nome asteca significa "povo de Az", ou Aztlán ( os astecas costumavam denominar-se Tenocha ou Nahua ).


       Lendas preservadas durantes muitos séculos entre os astecas, maias, toltecas, chibchas, aymarás, quíchuas e tribos da América do Central afirmavam que homens brancos viam do leste para ensinar-lhes as artes da civilização e depois partiam, prometendo voltar.


       Também na América do Norte foram achadas estátuas e baixos relevos de homens brancos ou negros (não índios) vestidos com roupas muito semelhantes às usadas no mundo mediterrâneo. Exemplo disso são as enormes cabeças de pedra encontradas em Três Zapotes com traços e feições da raça negra assim como as estátuas da cultura olmeca. Estátuas e cerâmicas da cultura maia representando homens brancos com nariz semita, roupas sapatos e elmos completamente diferentes dos usados pelos maias são mais provas de que perdemos algo de nossa história.


       Documentos dos conquistadores espanhóis relatam índios brancos e negros assim com ameríndios de cabelos ruivos. Dos últimos, restaram as múmias peruanas. Assim sendo, afirmar que todos os índios americanos são descendentes dos asiáticos é, no mínimo, uma super-simplificação. Um estudioso do assunto, fez há alguns anos um comentário que faria marcas profundas em todas as teorias sobre este assunto; ele observou que em sua aparente migração da Ásia para as américas através do Estreito de Bhering, nenhum dos povos asiáticos trouxe consigo seus animais domésticos. O único animal doméstico encontrado pelos espanhóis foi um cachorro, ancestral do Chihuahua, uma raça puramente mexicana.


       Quanto a essa afirmação, qualquer um poderia retrucar perguntado sobre os animais comuns nos dois continentes, no que eu responderia - seria possível esses homens que migraram para as américas trazerem consigo crocodilos, macacos, veados, leopardos, lobos, panteras e ursos - sem contar algumas espécies de algas e corais as quais com excessão de algumas ilhas perto do continente americano, só existem do outro lado do mundo?...


       Certamente existiu alguma "ponte" no meio do(s) oceano(s) por onde estes animais puderam passar e que hoje se encontra submersa. Se assim o foi, não teriam os homens que aqui chegaram utilizado o mesmo caminho?


       Podemos então pensar que toda (ou quase) a fauna das ilhas do Atlântico - moluscos, crustáceos, borboletas, coelhos, bodes, focas e até pessoas são sobreviventes biológicos isolados nos picos de montanhas de um continente há muito afundado?


       Uma análise genética dessas pessoas isoladas há gerações nestas ilhas "perdidas" do Atlântico talvez possa trazer alguma luz sobre o assunto.


____________________________________
Ver perfil do usuário http://forum.confidencialinfo.net

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum